Questõesde FGV sobre Geografia

1
1
Foram encontradas 89 questões
d18757d2-04
FGV 2020 - Geografia - Amazônia

Com a queda de 97% das áreas produtoras asiáticas nas mãos dos japoneses, os Estados Unidos, através de acordos com o governo brasileiro, desencadearam uma operação em larga escala na Amazônia: a Batalha da Borracha.

(Márcio Souza. História da Amazônia: do período pré-colombiano aos desafios do século XXI, 2019.)

A “Batalha da Borracha” contou com

A
o controle do comércio exterior do produto pelas empresas norte-americanas e a estatização dos seringais às margens dos principais rios amazônicos.
B
o planejamento do Estado e o deslocamento de mão de obra de regiões do semiárido para a Amazônia.
C
a rede de produção local de gêneros alimentícios e a existência de capitais previamente acumulados na economia amazônica.
D
a racionalização empresarial do cultivo de espécies nativas da floresta e a dispersão das cidades no amplo espaço amazônico.
E
a extensão de leis trabalhistas aos seringueiros e a concessão de terras amazônicas aos trabalhadores imigrantes.
d1562dbd-04
FGV 2020 - Geografia - Cartografia, Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento

Leia a tirinha de Fernando Gonsales.



(Eustáquio de Sene e João C. Moreira. Geografia geral e do Brasil, 2012.)

De maneira lúdica, a tirinha sugere o emprego do

A
sistema de posicionamento global, técnica que, utilizando sensores, capta e registra imagens à distância.
B
sensoriamento remoto, rede de aparelhos portáteis que, sem contato físico, determina as características de um dado lugar.
C
sistema de posicionamento global, conjunto de aparelhos que, realizando a trilateração, fornecem os dados espaciais de um objeto.
D
sensoriamento remoto, banco de dados que, de acordo com os interesses do usuário, gerencia as informações espaciais.
E
sistema de posicionamento global, cartas topográficas articuladas que, padronizadas mundialmente, revelam a localização de pontos na superfície.
d14a2b85-04
FGV 2020 - Geografia - Geografia Física, Hidrografia

O mapa a seguir destaca o Golfo do México, onde deságua o Rio Mississipi – que recebe, aproximadamente, metade da massa continental dos Estados Unidos.



(Tony Juniper. Como nós estamos destruindo o planeta, 2019.)

A área destacada é classificada como

A
zona de amortecimento, que permite atividades antrópicas.
B
barreira natural, o que promove a perda da biodiversidade.
C
zona de salinização, resultado da presença de sedimentos.
D
barreira endêmica, o que protege o litoral de espécies invasoras.
E
zona morta, resultado do processo de eutrofização.
d152e82d-04
FGV 2020 - Geografia - Meio Ambiente na Geografia, Impactos e soluções no meio urbano

Examine o gráfico conceitual, que representa a evolução diária de um dado fenômeno.



(www.epa.gov. Adaptado.)

Considerando as variáveis e seus comportamentos no gráfico, pode-se afirmar que

A
o fenômeno avaliado corresponde à ilha de calor, sendo as áreas urbanas indicadas pela cor vermelha e as áreas rurais pela cor verde.
B
se trata do fenômeno da inversão térmica, com as linhas vermelha e verde indicando, respectivamente, as camadas baixa e alta da atmosfera.
C
o fenômeno tratado representa o efeito estufa, com as linhas vermelha e verde indicando, respectivamente, sua presença e sua ausência no globo.
D
se trata do padrão esperado para a brisa marítima, com as linhas vermelha e verde indicando o que ocorre, respectivamente, com as superfícies do continente e do mar.
E
o fenômeno observado expressa a atuação do El Niño, sendo os ventos contra-alísios indicados pela cor vermelha e os ventos alísios, pela cor verde.
d141e75b-04
FGV 2020 - Geografia - Geologia


(Igo F. Lepsch. Formação e conservação dos solos, 2002. Adaptado.)

Na formação dos solos, os processos destacados são responsáveis

A
pelo intemperismo físico.
B
pela morfogênese.
C
pelo assoreamento.
D
pela erosão.
E
pelo intemperismo químico.
d14586ad-04
FGV 2020 - Geografia - Geografia Física, Vegetação

Os aromas da floresta, também chamados de compostos orgânicos voláteis biogênicos (BVOCs), quando misturados ao ar amazônico e na presença da radiação solar, oxidam-se e precipitam-se, formando uma poeira finíssima com característica higroscópica, gerando eficientes núcleos de condensação.

(Antonio D. Nobre. O futuro climático da Amazônia. www.socioambiental.org, 2014. Adaptado.)

Segundo o excerto, a presença dessa poeira promove núcleos de condensação, que são formadores

A
de polinização cruzada.
B
do nevoeiro de encosta.
C
de chuvas volumosas.
D
do ciclo de nutrientes.
E
de ventos descendentes.
d11a599d-04
FGV 2020 - Geografia - Geografia Econômica

Em 9 de março de 1933, foi lançado nos Estados Unidos um amplo programa de reformas implementado pelo governo de Franklin Delano Roosevelt. Surgiu para salvar o país de uma enorme depressão e pôs em xeque os fundamentos do liberalismo clássico, do “laissez faire, laissez passer”, para o qual o alicerce básico da economia seria a sua autorregulamentação.

(https://operamundi.uol.com.br, 09.03.2018. Adaptado.)

O programa de reformas e a crise que motivou sua implantação correspondem, respectivamente,

A
ao Plano Marshall e à Primeira Guerra Mundial.
B
à Emenda Platt e à concessão de subsídios industriais.
C
ao New Deal e à quebra da bolsa de Nova Iorque.
D
à Doutrina Monroe e à queda do poder de compra nacional.
E
ao America First e ao déficit da balança comercial.
d139c151-04
FGV 2020 - Geografia - Urbanização, Hierarquia urbana

As cidades brasileiras foram classificadas, hierarquicamente, a partir das funções de gestão que exercem sobre outras cidades, considerando tanto seu papel de comando em atividades empresariais quanto de gestão pública, e, ainda, em função da sua atratividade para suprir bens e serviços para outras cidades.

(https://biblioteca.ibge.gov.br. Adaptado.)

Essa classificação é estabelecida a partir da análise

A
do PIB per capita das cidades.
B
da área de influência das cidades.
C
do plano diretor das cidades.
D
da densidade demográfica das cidades.
E
do déficit público das cidades.
d1213dec-04
FGV 2020 - Geografia - Urbanização, Noções Gerais de Urbanização

A urbanização acelerada dos países subdesenvolvidos, articulando o êxodo rural e a metropolização, caracteriza o fenômeno denominado

A
conurbação, que ressignifica saberes e costumes herdados da vida no campo.
B
macrocefalia urbana, que explicita as carências e as contradições das grandes cidades.
C
especulação imobiliária, que modera o preço das propriedades de maneira inclusiva.
D
cooperação urbana, que subverte o uso e a ocupação esperados dos espaços públicos.
E
morfologia urbana, que justifica a toponímia adotada nos espaços recém-construídos.
d12ed129-04
FGV 2020 - Geografia - Geografia Econômica

Dentre as diversas bases técnicas que se vão incorporando ao território e dotando cada região de novas qualidades materiais e possibilidades organizacionais, queremos destacar os sistemas de movimento do território, isto é, o conjunto indissociável de sistemas de engenharia (fixos) e de sistemas de fluxos (materiais e imateriais) que respondem pela solidariedade geográfica entre os lugares.

(Fábio B. Contel. “Os sistemas de movimento no território brasileiro”. In: Milton Santos e María L. Silveira. O Brasil, 2006.)

A movimentação destacada no excerto subsidia a fluidez

A
da especulação financeira.
B
das zonas econômicas especiais.
C
dos monopólios empresariais.
D
das relações de produção.
E
da divisão territorial do trabalho.
d13e506f-04
FGV 2020 - Geografia - Geologia

Analise os processos endogenéticos da seção da crosta terrestre apresentada na imagem.



(Hélio M. Penha. “Processos endogenéticos na formação do relevo”.
In: Antonio J. T. Guerra e Sandra B. da Cunha (orgs.). Geomorfologia, 2012. Adaptado.)

Os números 1, 2, 3 e 4 correspondem, respectivamente, às formas do relevo:

A
arco de ilhas, cadeia mesoceânica, fossa oceânica e montanhas.
B
planícies abissais, platô, canal submarino e terraço.
C
elevações oceânicas, rift valley, cânion e talude.
D
colinas, zona de fratura, vale e chapada.
E
cristas, plataforma continental, leque aluvial e morro testemunho.
d1299187-04
FGV 2020 - Geografia - Industrialização, Indústria mundial contemporânea

Os Tigres Asiáticos, contemplados por políticas internacionais contra o avanço sino-soviético, industrializaram-se com grande rapidez e apresentaram importantes avanços econômicos nas últimas décadas do século XX. Nesse contexto, esses países se tornaram

A
centros logísticos, controlando a oferta de bens de consumo no mundo ocidental.
B
áreas de livre comércio, utilizando moeda única para ampliar a troca de mercadorias.
C
tecnopolos, adotando o compartilhamento de patentes em inovações produtivas.
D
plataformas de exportação, oferecendo produtos industriais mais baratos.
E
mercados emergentes, criando relações equânimes entre burguesia e proletariado.
d1332e99-04
FGV 2020 - Geografia - Agropecuária, Questão Fundiária

Analise os mapas.




(Mateus de A. P. Sampaio et al. “A expansão do agronegócio no Brasil”. Confins, nº 45, 2020. Adaptado.)

A análise dos mapas permite afirmar que

A
as ocupações de terra diminuíram na região Norte.
B
a concentração de terras aumentou na região Sul.
C
o assentamento de famílias aumentou na região Centro-Oeste.
D
a agricultura familiar diminuiu na região Nordeste.
E
as agroindústrias diminuíram na região Sudeste.
4ecc428a-fd
FGV 2015 - Geografia - Geografia Física, Clima

O quadro a seguir apresenta alguns exemplos do movimento de água na superfície terrestre: 




Seguindo a mesma lógica dos exemplos, identifique a alternativa correta sobre outras duas formas de movimento das águas:  

A
Afloramento: Terras baixas ➝ Terras altas
Precipitação: Superfície da crosta continental ➝ Oceanos. 
B
Afloramento: Lençóis subterrâneos ➝Oceanos
Precipitação: Atmosfera ➝ Oceanos. 
C
Afloramento: Lençóis subterrâneos ➝ Terras baixas
Precipitação: Atmosfera ➝ Superfície terrestre. 
D
Afloramento: Lençóis subterrâneos ➝ Terras altas
Precipitação: Atmosfera ➝ Superfície da crosta continental. 
E
Afloramento: Lençóis subterrâneos ➝ Superfície da crosta continental
Precipitação: Atmosfera ➝ Superfície terrestre.
4ec92c7b-fd
FGV 2015 - Geografia - Globalização

No processo de mundialização [globalização] observa-se uma difusão de normas padronizadas seja no processo político, seja na produção industrial, seja nas trocas monetárias, etc. Essas normas poderiam ser comparadas a uma forma de linguagem simplificada. [...]

Blandine Ripert. Mundo (s). As « culturas » entre a uniformização e a fragmentação.
In J, Lévy. L’ Invention du Monde. Sciences Po. Les Presses. 2008, p. 188 


Esse aspecto da globalização se justifica pela necessidade de 

A
eliminarem-se as diferenças culturais, verdadeiro obstáculo para que o processo de globalização se torne de fato um processo mais real.
B
pressionar e transformar as leis e normas dos países menos desenvolvidos que ainda resistem a integrar-se ao processo de globalização.
C
dificultar a circulação das mercadorias de países de cultura e regras diferentes, como a China, e quebrar sua força de concorrência no mundo global.
D
facilitar e permitir, segundo os padrões de uma economia de escala, uma simplificação e maior rapidez nas trocas comerciais.
E
facilitar o desenvolvimento que a globalização gera, retardado pela diversidade cultural que mantém vários povos do mundo numa condição de atraso.
4ec255d2-fd
FGV 2015 - Geografia - Regionalização Brasileira

Sobre as características da agropecuária na Região Sul do Brasil, leia as seguintes afirmações:

I Em termos de valor da produção, a agropecuária dessa região ocupa o segundo lugar nacional, sendo superada apenas pela do Sudeste.
II A agricultura familiar é praticada na maior parte dos estabelecimentos agropecuários da região.
III A região concentra mais da metade dos estabelecimentos brasileiros com produção animal integrada à indústria processadora de aves e suínos.
IV Ao contrário do que ocorre no Nordeste e no Centro Oeste, a grande maioria dos agricultores regionais não tem acesso a nenhum tipo de orientação técnica.


É verdadeiro o que se afirma em 

A
I e II, apenas.
B
I, II e III, apenas.
C
III e IV, apenas.
D
II e IV, apenas.
E
I, II, III e IV.
4ec62780-fd
FGV 2015 - Geografia - Cartografia, Projeções e Representações

Examine a seguinte figura:



http://www.progonos.com/furuti/MapProj/Dither/TOC/cartTOC.html



A figura acima contém diferentes representações da América do Sul extraídas de mapas-múndi. Isso se deve

A
à existência de diversas formas de projeções cartográficas, que constituem a técnica variável de se trazer para o plano o que é curvo na realidade.
B
à multiplicidade de projeções cartográficas, todas igualmente precisas na representação das formas e dos tamanhos dos continentes.
C
à permanência das antigas projeções por costume problemático do sistema escolar, pois as tecnologias informatizadas tornaram as projeções obsoletas
D
às escolhas marcadas por interesses dos cartógrafos que definem as projeções, visando a projetar imagens do mundo mais favoráveis aos países mais ricos.
E
à herança do passado das técnicas cartográficas, quando ainda não havia sido solucionado definitivamente a questão de como projetar o plano no curvo.
4ebf16ba-fd
FGV 2015 - Geografia - Amazônia

A maior e mais completa torre de observação da América do Sul começou a ser construída em agosto no seio da floresta amazônica. Intitulada “Torre Alta de Observação da Amazônia”, a torre mede 325 metros e será usada para monitorar as interações entre a atmosfera e a floresta. A obra, que é realizada pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) em parceria com o Instituto Max Planck de Química, da Alemanha, será equipada com instrumentos científicos de alta tecnologia.

http://amazonasfm.com.br/noticias/torre-mais-alta-da-america-latinae-construida-na-amazonia/#sthash.kZnyjgy1.dpuf

Sobre esse projeto, é correto afirmar:

A
Os fluxos de gás carbônico, vapor de água e energia entre a atmosfera e a superfície não fazem parte das interações que serão monitoradas pelo projeto, já que não envolvem a floresta.
B
A altura da torre, apesar de facilitar a observação meteorológica, inviabiliza o estudo das relações entre os fenômenos atmosféricos e os ciclos de nutrientes da floresta que ocorrem na superfície.
C
Entre os seus objetivos, destaca-se o de gerar informações mais precisas sobre o papel dos ecossistemas amazônicos no atual contexto de mudanças climáticas globais.
D
Por estar localizado em uma pequena mancha de floresta de terra firme, o projeto será capaz de produzir apenas conhecimentos parciais sobre os ecossistemas amazônicos, que dependem essencialmente da água.
E
As complexas interações entre a atmosfera e a floresta, objeto do projeto, não são diretamente afetadas pela degradação antrópica, razão pela qual o desmatamento não será monitorado pela torre.
bac25f6e-fb
FGV 2012 - Geografia - Agricultura tradicional, Agropecuária

Sobre a agricultura canavieira no Brasil, assinale a alternativa correta.

A
O avanço da monocultura canavieira figura entre os principais fatores de desmatamento do bioma amazônico.
B
O avanço da monocultura canavieira é responsável por um volume crescente de empregos agrícolas, pois ainda não foram desenvolvidos maquinários capazes de substituir a mão de obra na fase de colheita.
C
Os estados nordestinos ampliaram sua participação na produção nacional de cana de açúcar na última década, pois apresentam vantagens comparativas relacionadas ao preço da mão de obra.
D
Na região Centro-Oeste, os canaviais foram substituídos por atividades agropecuárias mais lucrativas, tais como o cultivo de soja e a criação de gado.
E
Na região Sudeste, a expansão do plantio ocorrida na última década resultou do aumento da demanda pelo álcool combustível.
bab67c94-fb
FGV 2012 - Geografia - Geologia

Os terremotos, os vulcões e a formação de montanhas são atividades geológicas de enorme importância que ocorrem na Terra. Observe no mapa a localização das zonas sísmicas e dos principais vulcões.


Com base nesse mapa e em seus conhecimentos, é CORRETO afirmar:

A
Somente o movimento de separação das placas tectônicas causa terremotos.
B
Somente o movimento de separação das placas tectônicas causa vulcanismo.
C
Em sua maioria, as zonas sísmicas e os vulcões localizam-se no centro das placas tectônicas.
D
Em sua maioria, as zonas de intensa atividade sísmica e os vulcões localizam-se nas bordas das placas tectônicas.
E
As zonas de intensa atividade sísmica se distribuem de forma aleatória, sem relação evidente com o movimento das placas tectônicas.